Tentativas Frustradas de Assassinar Marielle Franco: Detalhes Revelados por Ronnie Lessa

Em uma recente delação à Polícia Federal, Ronnie Lessa, acusado de ser o executor do assassinato de Marielle Franco, revelou detalhes sobre várias tentativas frustradas de eliminar a vereadora. Lessa falou minuciosamente como ele e seu cúmplice, Élcio Queiroz, planejaram e executaram diversas emboscadas, todas sem sucesso até o trágico dia em que Marielle e seu motorista, Anderson Gomes, foram brutalmente assassinados no Rio de Janeiro.

Planejamento e Primeira Tentativa

Segundo Lessa, a primeira tentativa de matar Marielle ocorreu em fevereiro de 2018. Ele e Queiroz planejaram emboscar a vereadora na saída de um evento. No entanto, o plano foi abortado devido à presença de seguranças e à movimentação intensa no local, o que dificultou a execução do atentado.

Tentativas subsequentes

Lessa também revelou outra tentativa em março de 2018. Eles monitoraram Marielle durante dias, examinando seus movimentos e rotinas para encontrar uma oportunidade. No entanto, as dificuldades logísticas e a constante vigilância em torno da vereadora impediram que uma ação fosse concretizada. A cada tentativa frustrada, Lessa e Queiroz ajustavam seus planos, buscando novas oportunidades para realizar o ataque.

Execução do Crime

Finalmente, no dia 14 de março de 2018, Lessa e Queiroz conseguiram executar o atentado. Após uma reunião no centro do Rio de Janeiro, Marielle e Anderson foram seguidos e emboscados. Less disparou diversas vezes contra o veículo em que estava, resultando nas mortes imediatas da vereadora e de seu motorista.

Implicações e Continuidade das Investigações

As revelações de Lessa fazem parte de um acordo de colaboração premiada e levantam novas questões sobre as motivações e os possíveis mandantes do crime. A Polícia Federal continua investigando para obter respostas completas sobre o caso que chocou o Brasil e gerou repercussão internacional.

Palavras-chave para SEO

· Tentativas frustradas da assassina Marielle Franco

· Ronnie Lessa delação Polícia Federal

· Assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes

· Investigações sobre o caso Marielle Franco

· Segurança e monitoramento de Marielle Franco

 

FONTE:  CartaCapital

Postar um comentário

0 Comentários