Sob A Liderança Do Presidente Lula, Mais De 400 Mil Empresas Encerraram Suas Atividades No Brasil

Dados são referentes ao 1º semestre de 2023.

Durante o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o Brasil testemunhou o fechamento de 427.934 empresas nos primeiros seis meses de 2023, abrangendo micro, pequenas, médias e grandes empresas. Esses dados, fornecidos pela Contabilizei e baseados nos registros do CNPJ da Receita Federal, foram compartilhados com o site G1, revelando um saldo negativo entre as empresas encerradas e as novas empresas registradas, excluindo os Microempreendedores Individuais (MEIs).


A tendência de fechamento de empresas tem sido mais acentuada do que a criação de novos negócios desde o último trimestre de 2021. Durante esse período, o saldo demonstra o encerramento de mais de 750 mil empresas, enquanto 2,08 milhões foram abertas, em comparação com 2,83 milhões fechadas.


No setor industrial, o fechamento de empresas superou a abertura em três vezes durante o segundo trimestre deste ano. Embora tenham sido inauguradas 7.810 empresas industriais, 25.151 foram encerradas. Essa tendência de saldo negativo na indústria persiste desde o terceiro trimestre de 2021.


No setor de comércio, a situação também é preocupante, registrando o pior desempenho em números absolutos. No segundo trimestre de 2023, 129.515 empresas comerciais fecharam, enquanto apenas 61.685 novas foram abertas. Isso significa que aproximadamente duas empresas fecharam para cada uma que abriu.


No setor de serviços, a situação também é preocupante, com 196.651 empresas de serviços encerrando suas atividades em comparação com 133.836 novas empresas abertas. O saldo revela que 1,5 empresas estão fechando para cada nova empresa registrada.





Fonte
55invest


Postar um comentário

0 Comentários