Setembro Amarelo: A Relação Entre Dores Na Coluna E Problemas Emocionais

Para o Dr. Bruno Fabrízio, ortopedista especializado em cirurgia endoscópica, as dores nas costas não são apenas um fardo físico, podendo afetar o estado mental das pessoas

A saúde humana é uma rede complexa de relações entre o físico e o emocional. A frequente busca pelo bem-estar é fundamental para entender como diferentes aspectos da saúde se entrelaçam, afetando pessoas de maneiras inesperadas. Uma das conexões que vem ganhando destaque na comunidade médica, por exemplo, é a relação entre problemas de coluna e a saúde mental. 

De acordo com o Dr. Bruno Fabrízio, ortopedista especializado em cirurgia endoscópica da coluna vertebral e procedimentos minimamente invasivos para o tratamento da dor, problemas relacionados a dores lombares são comuns e podem afetar pessoas de todas as idades. “Essas condições frequentemente causam desconforto físico, limitações nas atividades diárias e, em alguns casos, uma qualidade de vida significativamente reduzida. No entanto, além dos efeitos físicos óbvios, é possível apontar uma conexão entre a dor crônica nas costas e problemas de saúde mental”, revela.

O especialista aponta que esse incômodos podem desencadear ou agravar sintomas de depressão, ansiedade e estresse. “A incapacidade de realizar atividades cotidianas devido à dor pode levar à sensação de impotência e isolamento, contribuindo para problemas emocionais. Além disso, as dores constantes podem afetar a qualidade do sono, aumentando a instabilidade do humor. Por outro lado, a saúde mental também tem o poder de influenciar a percepção da dor nas costas. Indivíduos que sofrem de depressão, por exemplo, podem ser mais sensíveis à dor, tornando a sensação mais intensa e debilitante”, alerta.

Consultar um ortopedista pode ser o passo mais importante rumo ao alívio das dores na coluna. “Quando a dor nas costas passa a interferir significativamente na qualidade de vida, a busca por soluções eficazes é crucial. Realizar uma consulta com um profissional especializado na realização de procedimentos cirúrgicos pontuais pode proporcionar aos pacientes a chance de recuperar a mobilidade e a qualidade de vida que era afetada pelas dores na área lombar”, declara.

A relação entre problemas de coluna e saúde mental é um campo em crescimento na medicina. Compreender essa complexa ligação é fundamental para que os profissionais da saúde possam oferecer aos pacientes um tratamento abrangente, que leve em consideração tanto os aspectos físicos quanto os emocionais. “A dor nas costas não é apenas um fardo físico, mas também pode afetar profundamente o estado emocional de uma pessoa. Portanto, uma abordagem completa e abrangente é essencial para promover o bem-estar completo de indivíduos que enfrentam esses desafios”, finaliza.





Autores
Carolina Lara

Retirado: Press Manager


Postar um comentário

0 Comentários