Fortalecendo A Inovação No Agro, Banco Do Brasil Investe R$7,2 Milhões Na Startup iRancho

A solução da startup aprimora a gestão da pecuária e contribui com a rastreabilidade da carne bovina no País

Durante a 46ª edição da Expointer, o Banco do Brasil anunciou o investimento  de R$7,2 milhões na agtech iRancho, uma startup de tecnologia agrícola. Essa iniciativa faz parte do Programa de Venture Capital do BB, conhecido como BB Ventures, um fundo de Corporate Venture Capital (CVC) administrado pela MSW Capital. O objetivo é promover inovação no setor agropecuário por meio dessa parceria.

A solução tem potencial de auxiliar os pecuaristas na gestão dos seus empreendimentos, bem como no processo de tomada de decisões, contribuindo na melhoria da gestão pecuária com melhor controle de insumos e redução de custos. Além disso, a solução proporciona um melhor manejo do rebanho e maximiza o bem-estar animal, que reflete no ganho de peso rápido e aumento da produtividade.

A startup, a partir de uma demanda dos pecuaristas por softwares amigáveis e com funcionalidades off line, desenvolveu seu ERP (plataforma de gestão) com o mesmo nome -  iRancho. Com ele é possível coletar e integrar dados de manejo do próprio curral utilizando-se apenas um notebook ou o App do Peão em dispositivos móveis, sem a necessidade de sinal de internet. Esses dados são sincronizados e enviados para a nuvem, assim que o pecuarista estiver com acesso à rede.

Para Thiago Parente, CEO da iRancho, a assinatura da plataforma iRancho possui um custo-benefício atraente. “Com a iRancho o pecuarista faz o controle do gado, gerencia a fazenda e torna o seu negócio mais rentável. É tudo muito simples e intuitivo, sem deixar de lado a eficiência na pecuária de corte.”

Outro produto desenvolvido pela startup é o SafeBeef®, uma plataforma que reúne dados de rastreabilidade animal desde o nascimento até o abate e ficam disponíveis para o consumidor final. O sistema realiza a “rastreabilidade por consequência” com o uso de tecnologia blockchain que, de acordo com Thiago trata-se de “uma base de dados de rastreabilidade bovina voluntária, gratuita, inviolável e confiável, que é abastecida automaticamente conforme o pecuarista vai utilizando a plataforma de gestão iRancho.

Luiz Gustavo Braz Lage, Vice-Presidente de Agronegócios do Banco do Brasil, ressalta o compromisso contínuo do Banco em apoiar o setor agrícola e pecuário do país. “O BB promove soluções na cadeia do agronegócio, contribuindo com a geração de valor e otimização do processo produtivo, com a adoção de práticas ESG, que possibilitem a transformação no campo por meio da tecnologia”.  

Para a vice-presidenta de Negócios Digitais e Tecnologia, Marisa Reghini, “investir em inovação aberta e em novas tecnologias para o segmento agro, permite ao Banco reforçar seu protagonismo, presença e relevância para este setor, e também ofertar aos nossos clientes soluções de vanguarda como a plataforma de gestão iRancho e o SafeBeef®.”

A MSW Capital, gestora do BB Ventures, destaca a ampliação das frentes de atuação do fundo. “Somos investidores que olhamos a determinação dos empreendedores e a oportunidade de avançar, pela tecnologia, a produtividade, funcionalidade e equilíbrio socioambiental. Encontramos esse binômio na iRancho, já que seu sistema permite que pequenos e médios pecuaristas aprimorem seu padrão de manejo e demonstrem o cuidado com que desenvolvem e protegem o meio ambiente. Estamos imbuídos, juntos com o Banco do Brasil, em contribuir para que os produtores brasileiros se posicionem na primeira linha na competição por alimentos de origem sustentável num concorrido mercado globa”, comenta Moisés Swirski, sócio da MSW Capital. 





Autores
Philipe Alves

Retirado: Press Manager


Postar um comentário

0 Comentários