Com Milhões De Influenciadores No País, Creator Economy Cresce E Espera Movimentar US$21,1 Bilhões Até O Final O Ano

 
Ascensão da influência digital  impulsiona investimentos em estratégias de marketing e desponta com favoritismo como profissão de desejo para milhares de produtores de conteúdo 

O cenário da influência digital testemunha um crescimento sem precedentes no Brasil, onde milhões de criadores de conteúdo emergem como protagonistas na transformação das estratégias de marketing. A chamada "Creator Economy" brasileira, que engloba esse ecossistema dinâmico de influenciadores e produtores digitais, segue em profunda ascensão e, segundo estimativas da Statista, o setor deve movimentar mais de US$ 21 bilhões até o final deste ano.

Para se ter ideia do tamanho desse mercado, só no Brasil, são mais de 150 milhões de brasileiros ativos, que passam em média 2 horas e 48 minutos por dia conectados em plataformas como Instagram, TikTok, YouTube e Facebook, conforme revelado pela Statista. Além disso, segundo o levantamento mais recente da We Social, atualmente existem mais de 1 milhão de creators que já encontram sustento por meio de conteúdo digital. 

Phelipe Barros, gerente de estratégia da Sioux, agência consultiva focada em melhorar a performance de seus clientes por meio de estratégias digitais integradas de marketing, design e tecnologia, destaca a influência dessa tendência. "Trabalhar com criadores de conteúdo hoje é uma das estratégias mais eficazes para se conectar emocionalmente com o público-alvo de qualquer marca. O criador de conteúdo tem um papel de inspirar, testar o produto ou serviço e representar o público da marca através de seu conteúdo. Isso é de grande valia para as marcas se conectarem de forma mais genuína com seu público.”, afirma.

Campanhas de influência, conteúdo patrocinado, desafios virais e promoções personalizadas são algumas das táticas que têm demonstrado sucesso na criação de conexões duradouras com o público. O conteúdo, quando adequado ao que o algoritmo entrega e ao o que esse público está consumindo na rede, torna as campanhas ainda mais eficientes para as marcas. A autenticidade e a narrativa co-criada com os influenciadores emergem como aspectos cruciais à medida que o Brasil se consolida como um hub de influenciadores digitais. 

Apesar das oportunidades abundantes, a Creator Economy também enfrenta desafios complexos, como a saturação do mercado, autenticidade questionável e a necessidade de medir o impacto real das campanhas. Superar esses obstáculos exige uma compreensão profunda das dinâmicas das redes sociais e um compromisso constante em inovar e se adaptar.

“A produção de conteúdos digitais é um território em constante evolução, onde marcas podem moldar a narrativa em torno de suas ofertas. A agilidade em abraçar essa revolução da influência digital é vital para as agências de marketing que buscam manter-se relevantes e eficazes. Os influenciadores não são apenas uma tendência passageira, mas um novo paradigma na construção de relacionamentos entre marcas e consumidores", conclui.





Autores
Gabriel Mello

Retirado: Press Manager


Postar um comentário

0 Comentários